Saudades do velho GeneXus? SIM, pero no mucho.

A primeira vez que vi GeneXus na minha vida, foi quando fui convidado a participar na revisão do primeiro Tutorial de GeneXus na versão Windows 5.01.
Para mim não existia muita diferença no ambiente, porque estava cursando ainda a faculdade, e tinha feitos alguns programas em Visual C++. Depois disso fiz o curso de GeneXus e comecei a trabalhar na Administração Nacional de Correios de Uruguai e na empresa HEXA, sempre com a versão Windows.
Certo dia recebi uma proposta da empresa Equital, a qual tinha um sistema de Gerenciamento de Abonados de TVCable muito completo, e me pareceu fantástica a ideia de trabalhar ai.
No primeiro dia, O SUSTO!, tela azul no fundo quando cliquei no atalho para entrar a GeneXus… não, não, não foi problema de Windows, a versão de GeneXus era a 3.3 para MS-DOS!
Vou lhes contar, que aprendi muito rápido e logo me adaptei, era muito fácil, para fazer workpanels, não tinha que estar acomodando os campos com o mouse, eles caiam um do lado do outro e com a tecla enter conseguia baixar o campo e deixar todos alinhados.
Relatórios, nossa, uma maravilha, um campo do lado do outro, e ele já saia perfeito. Zero, preocupação. Definição de variáveis, era simples usar a regra “define” e copiar e colar para qualquer lugar.
NOSSA que saudades! Era tão simples!
Depois disso vivi todas as mutações de GeneXus, passei por todas as versões, números e nomes que podem parecer estranho para quem não é uruguaio, lembram de Solis, Ceibo….
Bem e no final meus amigos, chegou a Rocha, associada ao estado Rocha de Uruguai, mas para mim, sempre a associei com Pedro Virgilio Rocha (da cidade de Salto, como eu, jogador de Peñarol, São Paulo, Palmeiras e Coritiba) conhecido como o “Verdugo”.
E eu acho que realmente é a melhor associação, e me desculpem os rochenses, em especial Eugenio Garcia da ARTech.
A versão GeneXus X é o Verdugo das anteriores. Gente, na primeira impressão você não entende nada, cadê os objetos?, como faço para usar minhas velhas funcionalidades… O CHOQUE realmente é muito grande, o mesmo sentimento que tive quando passei da versão WIN para a versão DOS, você na primeira impressão sente que está ficando velho, que esse mundo já não é seu, e sente que não vai se adaptar, nem falar quando está escrevendo um procedimento e da aquele famoso “Control + A” para inserir um atributo e a tela fica toda azul, porque você na realidade agora com isso, você faz um “Select All”, são muitas coisas!
Mas… a versão GeneXus X tem centos de novas funcionalidades, e objetos novos, que ajudam e MUITO!.
DataProvider, DataSelector, o novo diagrama de tabelas, muito útil ter os campos no diagrama, antes eu tinha que fazer isso não mão, o novo tratamento das imagens, web panels em modal dialog (a solução para tanto código javascript), por fim tiraram o objeto relatório que todos concordávamos que poderia ser um procedure, e agora o novo objeto Query no preview do U2, que provavelmente vai causar revolução, tal vez seja parecido ao nosso gerador de relatórios que esperamos a muito tempo, ou pelo menos vai ajudar e muito.
Bem não vou falar o que realmente você vai descobrir quando usar, mas vale a pena.
GeneXus X, é SHOW DE BOLA!, eu recomendo.

Fabricio De los Santos
Gerência de Projetos – Consultoria GeneXus –
ERP – Sistemas de Missão Crítica – Bancos de Dados.

Veja meus blogs em:
www.fabriciodelossantos.com

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.